Melasma

Tratamentos

O melasma se caracteriza pelo surgimento de manchas escuras na pele, mais comumente na face, mas que podem ocorrer também nos braços e colo. Não há uma causa definida, mas esta condição está relacionada a uma predisposição pessoal, agravada pelo uso de anticoncepcionais femininos, gravidez e, principalmente, exposição solar. O melasma é uma doença crônica e que necessita de acompanhamento médico para se obter bons resultados e diminuir recidivas. Os tratamentos compreendem o uso de clareadores como hidroquinona, arbutin, ácido azelaico, ácido glicólico e filtros solares físicos ou orgânicos, associados com pigmento para proteção da radiação solar e luz visível, encontrada em lâmpadas e computadores. Hoje, há uma tendência para usar também os fitoterápicos e vitaminas que possuem uma ação antioxidante que ajuda a inibir a produção de melanina. Alguns tipos de lasers são também indicados para o clareamento das manchas, assim como os peelings e microagulhamento. O MMP é uma técnica inovadora que infunde medicamentos clareadores e vitaminas na derme. Os tratamentos podem ser feitos de modo alternados e combinados, dependendo do tipo de melasma.